Agenda da Câmara
Mês anterior Janeiro 2019 Próximo mês
Dom seg ter qua qui sex Sáb
week 1 1 2 3 4 5
week 2 6 7 8 9 10 11 12
week 3 13 14 15 16 17 18 19
week 4 20 21 22 23 24 25 26
week 5 27 28 29 30 31
Processo Legislativo
Processos Seletivos
Home História da Câmara

 Instalada a primeira Câmara Municipal de Patos de Minas

A iniciativa só foi possível graças à participação popular e sob o comando da Vila de Patrocínio

 alt

A instalação da primeira Câmara Municipal de Patos de Minas se deu devido a uma exigência da Província de Minas Gerais, a qual estabelecia que a Vila de Santo Antônio dos Patos, como o município era chamado, só poderia ser criada se antes fossem instaladas a cadeia e a câmara. Para atender a essa exigência, formou-se uma comissão constituída por cidadãos, com o objetivo de levantar fundos junto à população. Com a colaboração popular e sob o comando da Vila de Patrocínio, realizou-se a primeira eleição de sete vereadores, em 8 de dezembro de 1867.

A apuração geral dos votos deu-se somente em 29 de janeiro de 1868. Apurados os votos e verificada a legalidade da votação, os vereadores eleitos prestaram juramento e tomaram posse em 29 de fevereiro de 1868, com exceção do Padre Cândido da Rocha Camacho, que desistiu do cargo e acabou renunciando.  Foram eles: Major Jerônimo Dias Maciel – Presidente da Câmara, Antônio Correia da Silva, José Pereira Guimarães, Manoel José da Motta,Antônio José Coelho,José Alves Pinto e Padre Cândido da Rocha Camacho.

A instalação da Câmara e, consequentemente da Vila, se deu com grandes solenidades, em 29 de fevereiro de 1868. Ou seja, com a instalação da Câmara nessa data, o município de Patos de Minas se tornou independente político-administrativamente. Naquele momento, surgia uma nova unidade política na Província de Minas Gerais, detentora de vida e atos independentes, pois se emancipava da Vila de Patrocínio.   Acrescenta-se que, após a criação da Câmara, a Vila de Santo Antônio dos Patos só foi elevada à categoria de cidade 24 anos depois, em 24 de maio de 1892.

          Vale ressaltar que, ao longo de todos esses anos de instalação, a Câmara Municipal de Patos de Minas homenageou diversas personalidades, concedendo-lhes títulos e moções de aplausos. Entre as várias homenagens prestadas, destaca-se o “Título de Cidadão Patense”, outorgado, pela primeira vez, em 1958, à Carolina Correa da Silva.

A Câmara Municipal de Patos de Minas, como representante legítima do povo, vem atuando, desde a sua criação, de forma significativa nas funções legislativa, fiscalizadora, deliberativa e julgadora. 

        Aos interessados em saber um pouco mais sobre a história do Legislativo no município e sua história administrativa e daqueles que nela trabalharam e trabalham como vereadores, bastam visitar a Galeria dos Presidentes, situada na Sede Administrativa da Câmara Municipal de Patos de Minas. É uma oportunidade para saber que a Câmara, desde sua fundação, desempenha suas atividades em consonância com a origem de Patos de Minas.

 

FONTE: Livro “Uma história de Exercício da Democracia – 140 anos do legislativo patense”. Autores: Oliveira Mello, José Eduardo de Oliveira e Paulo Sérgio Moreira da Silva.

 

 
Escola do Legislativo
Notícias por email