Agenda da Câmara
Mês anterior Outubro 2018 Próximo mês
Dom seg ter qua qui sex Sáb
week 40 1 2 3 4 5 6
week 41 7 8 9 10 11 12 13
week 42 14 15 16 17 18 19 20
week 43 21 22 23 24 25 26 27
week 44 28 29 30 31
Processo Legislativo
Processos Seletivos
Home História da Câmara

 Instalada a primeira Câmara Municipal de Patos de Minas

A iniciativa só foi possível graças à participação popular e sob o comando da Vila de Patrocínio

 alt

A instalação da primeira Câmara Municipal de Patos de Minas se deu devido a uma exigência da Província de Minas Gerais, a qual estabelecia que a Vila de Santo Antônio dos Patos, como o município era chamado, só poderia ser criada se antes fossem instaladas a cadeia e a câmara. Para atender a essa exigência, formou-se uma comissão constituída por cidadãos, com o objetivo de levantar fundos junto à população. Com a colaboração popular e sob o comando da Vila de Patrocínio, realizou-se a primeira eleição de sete vereadores, em 8 de dezembro de 1867.

A apuração geral dos votos deu-se somente em 29 de janeiro de 1868. Apurados os votos e verificada a legalidade da votação, os vereadores eleitos prestaram juramento e tomaram posse em 29 de fevereiro de 1868, com exceção do Padre Cândido da Rocha Camacho, que desistiu do cargo e acabou renunciando.  Foram eles: Major Jerônimo Dias Maciel – Presidente da Câmara, Antônio Correia da Silva, José Pereira Guimarães, Manoel José da Motta,Antônio José Coelho,José Alves Pinto e Padre Cândido da Rocha Camacho.

A instalação da Câmara e, consequentemente da Vila, se deu com grandes solenidades, em 29 de fevereiro de 1868. Ou seja, com a instalação da Câmara nessa data, o município de Patos de Minas se tornou independente político-administrativamente. Naquele momento, surgia uma nova unidade política na Província de Minas Gerais, detentora de vida e atos independentes, pois se emancipava da Vila de Patrocínio.   Acrescenta-se que, após a criação da Câmara, a Vila de Santo Antônio dos Patos só foi elevada à categoria de cidade 24 anos depois, em 24 de maio de 1892.

          Vale ressaltar que, ao longo de todos esses anos de instalação, a Câmara Municipal de Patos de Minas homenageou diversas personalidades, concedendo-lhes títulos e moções de aplausos. Entre as várias homenagens prestadas, destaca-se o “Título de Cidadão Patense”, outorgado, pela primeira vez, em 1958, à Carolina Correa da Silva.

A Câmara Municipal de Patos de Minas, como representante legítima do povo, vem atuando, desde a sua criação, de forma significativa nas funções legislativa, fiscalizadora, deliberativa e julgadora. 

        Aos interessados em saber um pouco mais sobre a história do Legislativo no município e sua história administrativa e daqueles que nela trabalharam e trabalham como vereadores, bastam visitar a Galeria dos Presidentes, situada na Sede Administrativa da Câmara Municipal de Patos de Minas. É uma oportunidade para saber que a Câmara, desde sua fundação, desempenha suas atividades em consonância com a origem de Patos de Minas.

 

FONTE: Livro “Uma história de Exercício da Democracia – 140 anos do legislativo patense”. Autores: Oliveira Mello, José Eduardo de Oliveira e Paulo Sérgio Moreira da Silva.

 

 
Escola do Legislativo
Notícias por email