Hino de Patos de Minas

 

Terra nutriz, poenta avermelhada
Que se ondula em afagos maternais
Ao gorjear da alegre passarada
Fecundadora de amplos milharais.

 

Estribilho

 

Teu céu é azul-turquesa
Que beija a terra gentil
Primavera de beleza
Patos meu e do Brasil.

 

Em teus regatos claros cristalinos
Diamantes raros rolam no cascalho
Entoam juntos tentadores hinos
Doce canção à glória do trabalho.

 

Formosa geba das Minas Gerais
A tua gente heróica te bendiz
Ao sorrires no louro dos trigais
Na messe farta que te faz feliz.

 

A flor da Pátria doira o teu brasão
Beijam os filhos teus os pés da cruz
A liberdade leva o teu pendão
Terra de amor, de fé, terra de luz.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexos:
ArquivoDescriçãoTamanho do Arquivo
Fazer download deste arquivo (Brasao.png) Brasão 980 kB

Conhecendo melhor a história de Patos de Minas

 

Você sabia que a origem do nome do município de Patos de Minas provém da enorme quantidade de patos que existiam no território?

Essa é uma das versões sobre a origem do nome da cidade. Relata-se que os patos eram encontrados habitualmente em uma lagoa a três quilômetros da margem do Rio Paranaíba. Atraídos pela caça abundante e variada, os tropeiros que levavam suas tropas pelo interior de Minas Gerais faziam pouso na beira dessa lagoa, construindo ranchos para se abrigarem. Naquele tempo, todo o oeste de Minas estava coberto de matas, atravessadas apenas por estreitas trilhas, que tinham em alguns pontos, a léguas de distância, vestígios de civilização. Com o passar dos tempos, alguns tropeiros se fixaram no local, formando um povoado. Em 1866, o município foi criado, com a denominação de Santo Antônio dos Patos, com terras dos municípios de Patrocínio, Paracatu e São Francisco das Chagas de Campo Grande. O município recebeu os topônimos de Santo Antônio dos Patos (simplificado, mais tarde, para Patos); Guaratinga (contrariando a opinião dos munícipes) e, finalmente, Patos de Minas.

Você sabia que o município de Patos de Minas é destaque na economia regional?

Patos de Minas está situada na Mesorregião do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba, sendo considerado polo econômico regional. Vários fatores contribuem para o sucesso econômico e social do município. Um desses fatores é a localização estratégica, já que liga a cidade a grandes centros comerciais, como São Paulo e Belo Horizonte, facilitando o intercâmbio comercial, o desenvolvimento ordenado e a qualidade de vida da população.

Você sabia que a Bandeira, o Hino e o Brasão são símbolos do nosso município?

Os três símbolos são importantes elementos representativos da cultura e da história de Patos de Minas.

Você sabia por que o aniversário de Patos de Minas é comemorado no dia 24 de maio?

Foi em 24 de maio de 1892 que o então presidente do estado de Minas Gerais, Eduardo da Gama Cerqueira, elevou a Vila de Santo Antônio dos Patos à categoria de cidade, por meio da Lei nº 23, de 24 de maio de 1892. O dia 24 de maio também foi intitulado por lei como o “Dia Nacional da Festa do Milho”, elevando a festa maior da nossa cidade em âmbito nacional. Mas atenção: o município de Patos de Minas foi emancipado politicamente 24 anos antes, em 29 de fevereiro de 1868, quando se tornou autônomo, independente politicamente e capacitado para andar com os seus próprios pés.

Você sabia que a população atual do município de Patos de Minas é de148.762 pessoas?

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada para 2015 em Patos de Minas é 148.762 habitantes.

 

  

imagem1
imagem1 imagem1
imagem2
imagem2 imagem2
imagem3
imagem3 imagem3
imagem4
imagem4 imagem4
imagem5
imagem5 imagem5
imagem6
imagem6 imagem6
imagem7
imagem7 imagem7
imagem8
imagem8 imagem8
imagem9
imagem9 imagem9
imagem10
imagem10 imagem10

Instalada a primeira Câmara Municipal de Patos de Minas

A iniciativa só foi possível graças à participação popular e sob o comando da Vila de Patrocínio

 

A instalação da primeira Câmara Municipal de Patos de Minas se deu devido a uma exigência da Província de Minas Gerais, a qual estabelecia que a Vila de Santo Antônio dos Patos, como o município era chamado, só poderia ser criada se antes fossem instaladas a cadeia e a câmara. Para atender a essa exigência, formou-se uma comissão constituída por cidadãos, com o objetivo de levantar fundos junto à população. Com a colaboração popular e sob o comando da Vila de Patrocínio, realizou-se a primeira eleição de sete vereadores, em 8 de dezembro de 1867.

A apuração geral dos votos deu-se somente em 29 de janeiro de 1868. Apurados os votos e verificada a legalidade da votação, os vereadores eleitos prestaram juramento e tomaram posse em 29 de fevereiro de 1868, com exceção do Padre Cândido da Rocha Camacho, que desistiu do cargo e acabou renunciando.  Foram eleitos: Major Jerônimo Dias Maciel – Presidente da Câmara, Antônio Correia da Silva, José Pereira Guimarães, Manoel José da Motta, Antônio José Coelho, José Alves Pinto e Padre Cândido da Rocha Camacho.

A instalação da Câmara e, consequentemente da Vila, se deu com grandes solenidades, em 29 de fevereiro de 1868, uma vez que, com a instalação da Câmara nessa data, o município de Patos de Minas se tornou independente político-administrativamente. Naquele momento, surgia uma nova unidade política na Província de Minas Gerais, detentora de vida e atos independentes, pois se emancipava da Vila de Patrocínio.   Acrescenta-se que, após a criação da Câmara, a Vila de Santo Antônio dos Patos só foi elevada à categoria de cidade 24 anos depois, em 24 de maio de 1892.

Vale ressaltar que, ao longo de todos esses anos de instalação, a Câmara Municipal de Patos de Minas, como representante legítima do povo, vem atuando, desde a sua criação, de forma significativa nas funções legislativa, fiscalizadora, deliberativa e julgadora, além de homenagear diversas personalidades, concedendo-lhes títulos e moções de aplausos. Entre as várias homenagens prestadas, destaca-se o “Título de Cidadão Patense”, outorgado, pela primeira vez, em 1958, a Carolina Correa da Silva.

Aos interessados em saber um pouco mais sobre a história do Legislativo no município e sua história administrativa e daqueles que nele trabalharam e trabalham como vereadores, basta visitar a Galeria dos Presidentes, situada na sede administrativa da Câmara Municipal de Patos de Minas. É uma oportunidade de constatar que a Câmara, desde sua fundação, desempenha suas atividades em consonância com a origem de Patos de Minas.

FONTE: Livro “Uma história de Exercício da Democracia – 140 anos do legislativo patense”. Autores: Oliveira Mello, José Eduardo de Oliveira e Paulo Sérgio Moreira da Silva.

 

 

 

Como chegar

Rua José de Santana, 470 – Centro CEP 38700-052 Patos de Minas – MG

Veja a localização no Google Maps

(34) 3821-8455

© 2019 Câmara Municipal de Patos de Minas.

Pesquisa